Educação

Unicamp recebe 610 inscrições para 1º vestibular indígena; AM concentra 74% dos pedidos

Vista aérea da Unicamp, em Campinas — Foto: Antoninho Perri/Ascom/Unicamp

Vista aérea da Unicamp, em Campinas — Foto: Antoninho Perri/Ascom/Unicamp

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta quinta-feira (27) que registrou 610 pedidos de inscrição para o 1º vestibular indígena – 74% dos pedidos vieram do estado do Amazonas. São oferecidas 72 vagas em 27 cursos.

A cidade de São Gabriel da Cachoeira (AM) foi a cidade com o maior número de pedidos, com 350, seguida por Manaus (AM), com 107, e Campinas (SP), com 84.

A língua também pode ser o pior inimigo na escola

Na maioria das escolas africanas a língua em que se leciona é a língua oficial do país e geralmente é uma língua europeia. Mas será que aprender a escrever num idioma que não é o aprendido em casa é uma boa ideia?
Kenia Schüler bei Abschlussprüfung für (DW/Shisia Wasilwa)

A sul do Saara falam-se mais de 2.000 idiomas africanos diferentes. Estes ouvem-se, sobretudo, dentro das casas e na rua, em algumas estações de rádio, mas quase nunca dentro das salas de aula: aqui as línguas ensinadas são uma herança da era colonial. Muitas crianças, especialmente as provenientes de ambientes rurais, entram nas escolas de inglês, francês ou português com poucos conhecimentos.

Para a especialista em educação, Birgit Brock-Utne, da Universidade sul-africana de Witwatersrand, aprender num idioma que não é a língua materna é contraproducente. “Já fizemos experiências em escolas secundárias na Tanzânia e em escolas primárias na África do Sul onde pusemos as crianças a aprender na língua que lhes é familiar e vimos como são muito melhores”, garante a investigadora. Continue lendo

1ªs Jornadas Científicas do Departamento de Ensino e Investigação de Letras Modernas – ISCED-Uíge, Ângola

Por Eduardo David Ndombele – colaborador IPOL

CHAMADA DE TRABALHOS

O Departamento de Ensino e investigação de Letras Modernas promoverá no mês de Setembro do ano em curso (2018) as suas 1ªs Jornadas científicas, com a finalidade de ampliar o espaço das actividades científicas. O evento será realizado no período de 13 a 14 de Setembro de 2018, no anfiteatro  do ISCED.

TEMA CENTRAL: A DIMENSÃO PLURICÊNTRICA DE LÍNGUAS; FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CONTEXTO MULTILINGUE

Dada a relevância deste tema, pretende-se, com as 1ªs Jornadas do Departamento;

Apresentar, discutir e divulgar o conhecimento que se vem produzindo na área temática de ensino de línguas nomeadamente língua portuguesa, língua francesa, língua inglesa e do desenvolvimento das literaturas. Continue lendo

Orientação Sesu e Secadi e modelos de formulários – Programa Bolsa Permanência

NOTA TÉCNICA Nº 16/2018/CGRE/DIPPES/SESU/SESU, divulgada pelo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

PROCESSO Nº 23000.019926/2018-10

INTERESSADO: SECRETARIA DE ENSINO SUPERIOR – SESU, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA,
ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO – SECADI, IFES

ASSUNTO: Reficação da Nota Técnica nº 15/2018/CGRE/DIPPES/SESU/SESU. Bolsa Permanência. Inscrições 2018.

1. Tendo como referência a Portaria MEC nº 560, de 14 de junho de 2018, a presente Nota Técnica refica o item 2.6 da Nota Técnica nº 15/2018/CGRE/DIPPES/SESU/SESU, de 17/8/18: onde se lê: “os estudantes indígenas e quilombolas têm até o dia 28/8/2018 para se inscreverem no PBP e as IFES têm até o dia 28/9/2018 para correção de documentos apresentados pelos estudantes e sua respecva autorização.”, leia-se: “os estudantes indígenas e quilombolas têm até o dia 31/8/2018 para se inscreverem no PBP e as IFES têm até o dia 28/9/2018 para correção de documentos apresentados pelos estudantes e sua respecva autorização.”.
Continue lendo

EF abre primeira escola de português

EF abre primeira escola de português

A EF – Education First está à procura de professores de português, directores de estudos, responsáveis de alojamento e responsáveis de actividades comerciais. Tudo porque decidiu avançar com a sua primeira escola de português em Lisboa.

A estreia da multinacional sueca no ensino da língua portuguesa está marcada para Novembro deste ano. A EF irá ocupar o Palacete Castilho, na zona do Príncipe Real, mas primeiro precisa de recrutar todos os profissionais necessários para a implementação de um novo programa. Continue lendo

Chamada pública para seleção de Comitê Científico para a revista de ensino

O Reitor Pro Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), que lhe são conferidas pela Portaria MEC nº 465, de 17/05/2018, publicada no D.O.U. de 18/05/2018 no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital IFRS nº 50/2018 – Chamada Pública para Seleção de Comitê Científico para a Revista de Ensino-Aprendizagem de Línguas e Literatura em Contextos Educacionais de Formação Técnica e/ou Tecnológica – LínguaTec.

Mais informações no link:

EDITAL IFRS Nº 50/2018

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo