Educação

Recrutamento de Professores de Língua Portuguesa para o projeto PRO-Português | Timor-Leste

A Coutinho, Neto & Orey no âmbito da sua atividade de recrutamento encontra-se a desenvolver um processo de seleção para o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Camões, I.P.), para a posição de 13 Professores de Língua Portuguesa, para integrarem o projeto PRO-Português. O prazo limite de candidatura é 30 de abril de 2022.

O Projeto PRO-Português tem como objetivo global “contribuir para a consolidação do sistema educativo de Timor-Leste, através do apoio ao setor da formação profissional e contínua do pessoal docente do sistema educativo do Ensino Não Superior” e, como objetivos específicos, “i) constituir uma Bolsa de Formadores Nacionais, a nível de Posto Administrativo, e consolidar as suas competências técnico-científicas, didático-pedagógicas e linguístico-comunicativas para ministrarem Cursos de Língua Portuguesa (Níveis A2, B1 e B2); ii) reforçar as competências linguístico-comunicativas em Língua Portuguesa de docentes de todos os níveis de ensino (Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Secundário) do sistema educativo do Ensino Não Superior de Timor-Leste”.

Mais informações no site da Neto & Orey 

Nuevo número monográfico de la RIE. Educación y pandemia en Iberoamérica (2)

 

Este segundo número del monográfico de la Revista Iberoamericana de Educación, dedicado al estudio del impacto de la pandemia de la COVID-19 en la educación, da cuenta del profundo impacto negativo de la pandemia en la educación, en particular, como resultado de la prolongada suspensión de la formación presencial en muchas instituciones y países. El monográfico contiene artículos referidos al impacto de la COVID-19 en la educación universitaria, además de otros que dan cuenta del impacto en otros niveles educativos.

Seminario web “Educar sobre el Holocausto y los genocidios”

El seminario web está orientado a docentes, profesionales de la educación y público general interesado en fortalecer sus conocimientos sobre la educación sobre el Holocausto y los genocidios en América Latina para la promoción de la paz y la ciudadanía mundial.

SE CERTIFICARÁ LA ASISTENCIA al seminario completo a través de un proceso de registro.

Las políticas educativas que abordan los hechos históricos y las experiencias del pasado son altamente controversiales, pues plantean interpretaciones de lo ocurrido que se encuentran en disputa por parte de diversos agentes sociales. Justamente la educación sobre el Holocausto y los genocidios facilita relacionarse con pasados difíciles a partir de experiencias externas que evitan una disputa abierta respecto a los hechos de violencia, constando que desde una perspectiva universal es posible extraer enseñanzas para las realidades particulares.

Este seminario proporciona un panorama de oportunidades que pueden surgir de la enseñanza del Holocausto y los genocidios en diversos contextos culturales, con especial énfasis en los países de América Latina.

5 sesiones

25 de agosto, 15 de septiembre, 7 de octubre, 26 de octubre y 10 de noviembre
(10 a 11.10 h -hora de Santiago, Chile: https://time.is/es/Chile-)

Descargue la Nota conceptual y agenda

Objetivo general

  • Discutir la contribución de la enseñanza del Holocausto y los genocidios en la Educación para la ciudadanía mundial.

Objetivos específicos

  • Compartir experiencias, enfoques recomendados y materiales de la UNESCO asociados a la educación del Holocausto y los genocidios que se estén llevando a cabo en América Latina y el Caribe.
  • Identificar las brechas, desafíos y oportunidades que enfrentan los países para educar sobre pasados violentos en las historias nacionales y orientaciones para abordarlos.

Inscríbete para participar

Línguas e culturas locais no currículo escolar: caminhos possíveis

I Ciclo de Palestras “Educação para o Plurilinguismo” (edição 2021) – LABPEC

Participação do IPOL no  I Ciclo de Palestras “Educação para o Plurilinguismo” 

23/09/2021 | 19h às 20h30

Línguas e culturas locais no currículo escolar: caminhos possíveis

Palestrantes:

Ingrid Kuchenbecker (CAp/UFRGS, Projeto PLURES) e Rosângela Morello
(IPOL – Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística)
Mediação: Cláudia Camila Lara (FURG, Campus São Lourenço do Sul)

Canal YouTube do Colegiado Setorial da Diversidade Linguística

Link para inscrições (aberto no período de 01/08 até 16/08/2021)

 I Ciclo de Palestras “Educação para o Plurilinguismo” 

I Ciclo de Palestras “Educação para o Plurilinguismo” (edição 2021) – LABPEC

O IPOL é umas das instituições apoiadoras do I Ciclo de Palestras “Educação para o Plurilinguismo” um evento organizado no âmbito do Colegiado Setorial da Diversidade Linguística  como representação da sociedade civil no Sistema Estadual de Cultura (SEDAC – RS)

O I Ciclo de Palestras “Educação para o Plurilinguismo” é uma atividade promovida pelo Colegiado Setorial da Diversidade Linguística como representação da sociedade civil no Sistema Estadual de Cultura (SEDAC – RS), em parceria com o projeto PLURES: Plurilinguismo e Escola, do Colégio de Aplicação da UFRGS.

Seu objetivo é contribuir, com diferentes instâncias da sociedade e do Estado, para a reflexão sobre os fundamentos de uma educação para o plurilinguismo, no sentido de valorizar, compreender e visibilizar a diversidade linguística e cultural em contextos de ensino/aprendizagem, como uma questão especialmente significativa e presente em nosso estado, em áreas de fronteira, de imigração histórica, de populações indígenas e de comunidades quilombolas, bem como também de linguagens não-verbais como a Libras e da própria diversidade do português rio-grandense.

O Programa compõe-se de 05 encontros virtuais, com duração média de 1h30min, a serem realizados nas quintas-feiras dos dias 17 de agosto (Dia Estadual do Patrimônio Cultural) e 02, 09, 16 e 23 de setembro de 2021, no horário das 19h às 20h30min.

Canal YouTube do Colegiado Setorial da Diversidade Linguística

Link para inscrições (aberto no período de 01/08 até 16/08/2021)

A participação como ouvinte é livre e gratuita, porém, para obter certificado de extensão (PROREXT/UFRGS), é necessário realizar a inscrição através do link acima e ter no mínimo 75% de presença nas mesas redondas.

Confira a programação clicando aqui.

Minicurso Educação plurilíngue I

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo