Línguas de imigração

A herança da imigração na fala do brasileiro

Estima-se que ainda estejam em uso no Brasil mais de 50 línguas de imigração, muitas delas trazidas por europeus a partir do início do século 19. Contato com português resultou em variações como talian e hunsriqueano.

Nascido no Rio Grande do Sul, o biólogo Piter Kehoma Boll entrou em contato com a língua portuguesa somente na idade escolar. Continue lendo

IV Encontro de Falantes do Hunsrückisch

No dia 22 de junho acontecerá na cidade de Ipira, Santa Catarina, o IV Encontro de Falantes do Hunsrückisch. Continue lendo

Espírito Santo terá inventário da Língua Pomerana

Inventário da Lingua Pomerana no Espírito SantoSão muitas as línguas faladas no Brasil e, apesar de pouco conhecida, a língua Pomerana, de família germânica, é uma delas. Em alguns municípios do Espirito Santo, por exemplo, comunicar-se nessa língua extrapola o ambiente familiar. O pomerano pode ser ouvido no trabalho, no comércio, nos postos de saúde, na igreja, em velórios, na lavoura, nas festas comunitárias e em diversas outras ocasiões. Ao contrário do que possa parecer, os falantes não são estrangeiros, mas sim crianças, jovens e adultos brasileiros, cujos ascendentes vieram para o Brasil em meados do século XIX, vindos da região próxima do mar báltico, onde atualmente é território da Polônia.  Continue lendo

Festa VII Pomer BR

Pomerode, SC, Brasil | 28 a 30 de maio de 2020

Direito do Povo Tradicional Pomerano, Língua e Tradição

 

A herança da imigração na fala do brasileiro

Estima-se que ainda estejam em uso no Brasil mais de 50 línguas de imigração, muitas delas trazidas por europeus a partir do início do século 19. Contato com português resultou em variações como talian e hunsriqueano.Nascido no Rio Grande do Sul, o biólogo Piter Kehoma Boll entrou em contato com a língua portuguesa somente na idade escolar. “Dentro de casa, a minha família usava apenas o hunsriqueano para se comunicar”, conta. “Meu contato com o português foi acontecer somente por meio da televisão e, mais tarde, na escola.” Continue lendo

Equipe do Inventário da Língua Pomerana vai a campo no Espírito Santo

A equipe IPOL deu início a coleta de dados para o Inventário da Língua Pomerana como língua brasileira de imigração no Estado do Espírito Santo.

O Inventário faz parte do esforço de inventariar, mapear, salvaguardar e reconhecer a diversidade linguística brasileira.

Tal propósito engloba, de um lado, a pesquisa e disponibilização do conhecimento sobre essa língua – sua documentação, divulgação e conscientização linguística junto à comunidade Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo