Língua Portuguesa

Língua portuguesa é falada por cerca de 250 milhões de pessoas

O Dia Nacional da Língua Portuguesa tem o objetivo de homenagear Rui Barbosa Foto: Divulgação

Educadores de todo canto do Brasil certamente prepararam uma aula especial para comemorar o Dia Nacional da Língua Portuguesa, celebrado nesta terça-feira (5). Afinal, essa é uma grande oportunidade para abordar o tema e promover nos alunos o desejo de valorizar a cultura brasileira. Continue lendo

IPOL publica na Revista Iberoamericana de Educação

Sob o título “La frontera como recurso: el bilingüismo portugués-español y el Proyecto de Escuelas Interculturales Bilingües de Frontera en el MERCOSUR (2005-2016)”, Gilvan Müller, professor da UFSC e Rosângela Morello, diretora do IPOL publicaram no Vol. 81 Núm. 1 (2019): Bilingüismo: español y portugués. Lenguas que conviven en Iberoamérica con otras lenguas .

RESUMEN: La promoción del bilingüismo portugués-español constituye un campo estratégico para ampliar el uso de estas lenguas. Juntas, conforman una de las más grandes fonías del mundo, con más de 600 millones de hablantes, y comparten una larga historia de conexión, especialmente en las zonas fronterizas, y son en gran medida intercomprensibles. Continue lendo

UNESCO declara 5 de maio como o Dia Mundial da Língua Portuguesa

Dia mundial da língua portuguesaA Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) aprovou ontem, 17 de outubro, em Paris, a proposta que declara o dia 5 de maio como o Dia Mundial da Língua Portuguesa. É a primeira vez que tal acontece com uma língua não oficial da UNESCO.

UM GRANDE PASSO PARA A LÍNGUA PORTUGUESA Continue lendo

Linguagem de processamento natural

O PLN é o futuro da inteligência artificial e, para que tenha cada vez mais sucesso a pergunta é: como interpretar mensagens codificadas em linguagem natural e decifrá-las para a linguagem de máquina com eficiência?

O Processamento de Linguagem Natural (PLN) está ligado ao desenvolvimento de tarefas que dependem de informações expressas em alguma língua natural como, por exemplo, tradução, interpretação de textos, busca de dados em documentos, entre outros. Continue lendo

Narração multilíngue do CMG faz o desfile do Dia Nacional mais espetacular

No dia 1º de outubro, data do Dia Nacional da China, o Grupo de Mídia da China (CMG, na sigla em inglês) transmitiu ao vivo o grande desfile na Praça da Paz Celestial em 53 idiomas, incluindo 43 línguas estrangeiras, quatro dialetos chineses, cinco línguas de etnias minoritárias e o mandarim.

A narração dos locutores do CMG ajudou muitos os espetadores do mundo todo a entenderem melhor as atividades comemorativas. Além de explicarem as imagens, contaram também muitas histórias importantes da República Popular da China.

Antes da transmissão, os locutores de línguas estrangeiras precisaram fazer traduções de alta qualidade, o que foi um trabalho bastante árduo e complicado.

Li Zhongqing, locutor do Departamento de Russo, já tem mais de 50 anos de idade. Para garantir o sucesso da transmissão, ele preparou até remédios anti-hipertensivos e apaziguadores de coração de ação rápida. Li disse que foi uma grande honra participar dessa transmissão e teve que fazer preparações detalhadas.

Depois da transmissão, alguns convidados franceses no Pavilhão da Paz Celestial perguntaram ao pessoal de serviços se as locutoras eram francesas, porque elas falavam um francês autêntico. De fato, as duas locutoras do Departamento de Francês, Liu Huazhen e Deng Yingping, são chinesas puras.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Gabriela Nascimento

Fonte: Português

IPOR abre delegação em Pequim até novembro, centro de línguas em Chengdu ainda este ano

Joaquim Coelho Ramos | GONÇALO LOBO PINHEIRO

O diretor do Instituto Português do Oriente (IPOR) revelou ainda, em entrevista à agência Lusa, que estará a funcionar um centro de línguas na cidade chinesa de Chengdu até final do ano.

Em relação à delegação na capital chinesa, a ideia é “começar já dentro de um mês, mês e meio, (…) em produção já em finais de outubro”, ainda que o cenário “mais realista” aponte para “início de novembro”, esclareceu Joaquim Coelho Ramos. Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo