Diversidade Linguística e Cultural

Chamada de Resumos, traduções e interpretações de documentos oficiais de qualquer país e em línguas autóctones

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRAZO DA SUBMISSÃO: até 30/12/2020

http://www.revistas.unilab.edu.br/index.php/njingaesape/index

 

Chamada para artigos| Dossiê Temático “Patrimónios (in)visíveis, colonialidade(s) em escuta”

A Revista Eletrônica Cadernos NAUI, do Núcleo de Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural, torna pública a chamada de artigos para o Dossiê Temático  “Patrimónios (in)visíveis, colonialidade(s) em escuta” do Cadernos NAUI, Vol.10, n∘ 18, jan-jun 2021.Serão aceitos para avaliação artigos acadêmicos resultados de pesquisas e investigações concluídas ou em andamento alinhados com a proposta do dossiê, bem como, resenhas de livros recentes publicados nessa temática. A submissão dos artigos e outras formas de publicação, estão sujeitas à avaliação por pares e devem seguir os critérios para publicação, formatação e demais  diretrizes  para autores que estão disponíveis no site da revista.
Os autores interessados em submeter trabalhos devem encaminhá-los para o e-mail: cadernosnaui@gmail.com 
Data de submissão: 15/02/2021 

ALFABETO EM LIBRAS É TEMA DE EMISSÃO ESPECIAL DOS CORREIOS

Nessa quinta-feira (10), Dia Nacional da Inclusão Social, os Correios lançaram a Emissão Especial Alfabeto Manual da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para marcar o lançamento virtual das peças filatélicas, a empresa produziu um vídeo em parceria com o Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) – entidade que possui curso de licenciatura em Letras Libras. O conteúdo pode ser conferido no canal oficial dos Correios no Youtube.

Além de sensibilizar todos os públicos sobre a importância da segunda língua oficial do Brasil, a emissão também celebra a institucionalização educacional à comunidade de surdos no país, iniciada no século XIX. Em 1855, o educador francês surdo Edouard Huet foi convidado por D. Pedro II a mudar-se para o Brasil e dar continuidade ao seu trabalho, educando pessoas surdas. Dois anos depois, em 26 de setembro de 1857, era fundada a primeira escola para surdos do Brasil e, com ela, nascia a Língua Brasileira de Sinais.

O Alfabeto em Libras permite a interpretação das palavras em línguas orais para as línguas de sinais. Ao soletrar manualmente a grafia das palavras, cada letra corresponde a um formato assumido pela mão. O idioma é uma importante ferramenta de emancipação das pessoas surdas. Ao conhecer e aprender a língua, os demais cidadãos têm a oportunidade de transpor as barreiras de comunicação e colaborar para uma sociedade verdadeiramente nacional e inclusiva.

O lançamento do selo vem celebrar as vitórias conquistadas pelas pessoas surdas no Brasil e no mundo e manifestar o apoio dos Correios aos surdos brasileiros, um reconhecimento da importância da difusão da Língua Brasileira de Sinais e dos seus valores políticos e sociais.

Selo – A arte da folha é composta pelas 26 letras do alfabeto em Libras, representadas através de imagens pictóricas de fácil reconhecimento e linguagem contemporânea. Para enriquecer ainda mais essa emissão, outras quatro palavras e expressões importantes foram acrescidas ao conjunto, fechando assim a folha de 30 selos: Brasil, Brincar, Eu te Amo e Acessível em Libras.

A arte, de Fábio Lopes, foi produzida com tinta especial em um tom de laranja vibrante, tinta UV e calcografia, que conferem destaque e importância para essa iniciativa inédita dos Correios.

A tiragem é de 1 milhão de selos, com valor facial de R$ 2,05. As peças estarão disponíveis nas principais agências de todo o país e também na loja virtual dos Correios.

 

Chamada para artigos| Dossiê Temático “Indígena? Presente! Processos (Inter)culturais de apropriação territorial e (trans)formação identitária indígena em diferentes contextos temporais e espaciais”.

Revista Eletrônica Cadernos NAUI, do Núcleo de Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural, torna pública a chamada de artigos para o Dossiê Temático “Indígena? Presente! Processos (Inter)culturais de apropriação territorial e (trans)formação identitária indígena em diferentes contextos temporais e espaciais”.

Serão aceitos para avaliação artigos acadêmicos resultados de pesquisas e investigações concluídas ou em andamento alinhados com a proposta do dossiê, bem como, resenhas de livros recentes publicados nessa temática.  

A submissão dos artigos e outras formas de publicação, estão sujeitas à avaliação por pares e devem seguir os critérios para publicação, formatação e demais  diretrizes  para autores que estão disponíveis no site da revista.

Os autores interessados em submeter trabalhos devem encaminhá-los para o e-mail: cadernosnaui@gmail.comaté o dia 10 de abril de 2021.

Disciplina de Pós-Graduação -Politicas Linguísticas do Multilinguismo

Informações em:

https://ppglin.posgrad.ufsc.br/procedimentos-de-matricula-2020-2/

CONCURSO IILP – ITAMARATY DE ARTIGOS CIENTÍFICOS SOBRE A LÍNGUA PORTUGUESA

Estão abertas, de 05 de outubro de 2020 a 31 de janeiro de 2021, as inscrições para o Concurso IILP-Itamaraty de Artigos Científicos sobre a Língua Portuguesa, iniciativa financiada com base na contribuição extraordinária concedida pelo Brasil. O concurso, que oferecerá prêmios em dinheiro aos autores dos melhores artigos, inclui duas categorias, Graduação/Licenciatura e Pós-graduação.

Para requisitos de submissão de trabalhos e mais informações, confira abaixo o regulamento completo e os respetivos anexos.

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo