Questões indígenas

A Amazônia que o Brasil ainda não conhece

Ambiente É o Meio desta semana conversa com o consultor agrícola holandês Pieter-Jan Van Der Veld, do Instituto Socioambiental (ISA), sobre a floresta amazônica que está longe dos holofotes.

No ISA por mais de vinte anos, Van Der Veld prestou assessoria a projetos agrícolas ou ambientais para os povos indígenas no Programa Rio Negro, desenvolvido na fronteira entre Colômbia e Venezuela. Ele conta que no alto da bacia do rio existem povos e culturas indígenas que a maior parte da população brasileira não imagina. “Eles são poliglotas, falam várias línguas, incluindo o português, e possuem longa experiência com comércio e com políticas”.  Continue lendo

Las lenguas indígenas en un mundo globalizado

En apenas un mes dará termino el Año Internacional de las Lenguas Indígenas proclamado por La Asamblea General de las Naciones Unidas. Su iniciativa fue sensibilizar a la opinión pública sobre el riesgo de desaparición de cientos de lenguas, que, a más de comunicarnos, representan valores culturales, sistemas de conocimiento y modos de vida del ser humano. Continue lendo

A festa das línguas em Belém: entre falantes e ficantes

Dizem que as línguas, como os gatos, têm várias vidas. Será que os brasileiros estão interessados em conhecer as vidas das línguas faladas dentro do território nacional? Os conhecimentos que nelas circulam e a beleza de suas narrativas e de seus cantos têm tudo a ver com a qualidade de vida de nossos filhos e netos, mas ainda são poucos os que fazem a ligação entre a diversidade de línguas e o destino daquele Brasil que não quer “futurar-se”.   Continue lendo

III Simposio Internacional Desafíos en la Diversidad

III SIMPOSIO INTERNACIONAL DESAFÍOS EN LA DIVERSIDAD 

LENGUAS INDÍGENAS VIVAS: 
MÚLTIPLES CONTEXTOS, DIVERSAS MIRADAS.​..

Durante este año internacional de las lenguas indígenas, la UNESCO ha propuesto trabajar por la defensa y el fortalecimiento de las lenguas en peligro de desplazamiento, así como buscar la equidad para sus hablantes. Por ello, este evento propone abrir espacios de discusión y reflexión sobre las situaciones de las lenguas indígenas en sus múltiples contextos en el momento actual. Continue lendo

Sem aula e sem diploma

Aula da Licenciatura Indígena na TI Alto Rio Negro

Após corte de dois terços da verba, curso superior de Licenciatura Indígena da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) tem plano pedagógico inovador ameaçado

O curso regular de Licenciatura Indígena Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), criado há 10 anos como resultado de reivindicações dos povos indígenas por uma Educação de nível superior diferenciada, está praticamente paralisado. Continue lendo

III Seminário Internacional de Linguagens Indígenas

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo