Entrevistas

Prof. Lino João de Oliveira Neves da UFAM, no III CIPLOM/EAPLOM 2016

A entrevista que compartilhamos hoje é do Prof. Lino João de Oliveira Neves, que atua na UFAM, Universidade Federal do Amazonas, no Curso Licenciatura Indígena – Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável. O Prof. Lino destacou, durante o III CIPLOM/EAPLOM, a relevância de pensarmos a língua como um importante e fundamental componente da cultura. E são as línguas, seus povos e culturas em contato, em articulação, que podem apoiar e fortalecer a integração latino-americana.

Confira a entrevista com Prof. Nilo:

 

Saiba mais sobre a Licenciatura Indígena da UFAM, visitando o site.

 

Fonte: IPOL Comunicação

 

 

Adair Bonini, do NELA/UFSC, no III CIPLOM/EAPLOM 2016

adaA entrevista de hoje é do professor e pesquisador Adair Bonini, do Programa de Pós Graduação em Linguística, da Universidade Federal de Santa Catarina.

Prof. Adair Bonini atua no NELA- Núcleo de Estudos em Línguística Aplicada e pesquisa temas relacionados à Educação Linguística, Educação, Linguagem e desdobramentos curriculares e metodológicos para ensino de Língua Portuguesa.

No evento, o Prof. Adair Bonini coordenou mesa redonda que discutiu: Política Curricular para Línguas no Contexto do MERCOSUL.

Durante a entrevista, o Prof. Adair Bonini afirma que CIPLOM/EAPLOM tem um papel importante como evento que busca construir integração no MERCOSUL através das línguas e das manifestações culturais que nelas se expressam.

Mais informações sobre o NELA/UFSC, as linhas de pesquisa  e projetos em andamento orientados pelo Prof. Adair Bonini em: http://nela.cce.ufsc.br/ 

Agradecemos ao Prof. Adair Bonini pela parceria no III CIPLOM/EAPLOM. E que venham mais momentos de integrar Língua e Cultura no MERCOSUL.

Conheça os outros entrevistados clicando aqui. 

 Fonte: IPOL Comunicação

 

Entrevista com Fabricio Müller, no III CIPLOM/EAPLOM

fabricio1

Fabrício Müller no III CIPLOM/EAPLOM/Arquivo Pessoal

A entrevista de hoje apresenta Fabricio Müller, atual Diretor Executivo da Casa do Brasil, na Argentina. A Casa do Brasil é uma instituição que atua há 25 anos na difusão da língua portuguesa e cultura brasileira em Buenos Aires e que esteve presente nas duas últimas edições do Evento, manifestando interesse e apoio às políticas linguísticas que visam a integração e acordos para melhor gestão das línguas do MERCOSUL.

Fabricio Müller discutiu a importância do III CIPLOM/EAPLOM no contexto histórico e político na América do Sul.  Confira a entrevista na íntegra.

Nas semanas anteriores, compartilhamos as entrevistas da Prof. Nélida Sosa e do Prof. Gilvan Müller de Oliveira. Acesse clicando no banner do evento, à direita no blogue.

Fonte: IPOL Comunicação

 

Entrevista Nélida Sosa, no III CIPLOM/EAPLOM

ciplon

Compartilhamos hoje mais uma entrevista realizada durante o III CIPLOM/EAPLOM, realizado na Universidade Federal de Santa Catarina.

A Professora Nélida Sosa atua no Instituto de Enseñanza Superior en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”, Argentina, instituição que forma professores de Português desde 1954. Ela faz parte da Associação Argentina de Professores de Português.

Segundo a Professora Nélida, “as línguas constroem identidade e constroem cidadania.” Assista à entrevista completa.

Fonte: IPOL Comunicação

Políticas de gestão do multilinguismo e integração regional em entrevistas

ciplon

Nas próximas semanas, às quartas-feiras, compartilharemos uma série de entrevistas realizadas durante o Evento III CIPLOM/EAPLOM, que aconteceu em junho passado, na Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC e tematizou variados aspectos da gestão das línguas do MERCOSUL.

Os entrevistados são professores, pesquisadores, visitantes e palestrantes que apresentaram as ideias debatidas durante o Evento, e fizeram uma breve contextualização sobre suas atividades em relação à promoção da integração e da valorização do multilinguismo global, especialmente no Mercosul.

Para abrir a série de entrevistas, temos a honra de contar com a participação do prof. Gilvan Müller de Oliveira, pesquisador que atua na área das políticas linguísticas e que presidiu a organização do evento.

Assista abaixo e acompanhe.

 Fonte: IPOL Comunicação

Kike Martins: “Quando perguntava se no centro contavam com informação da Conselharia a respeito do ensino de português 100% das respostas foram negativas”

galego

Foto: PGL

Kike Martins

Nascido em Melide em 1978 e criado na Corunha, fez estudos de Filologia Galega na Universidade de Santiago de Compostela. Trabalhou em qualidade de bolseiro nos serviços informativos da CRTVG como assessor linguístico e, posteriormente, como bolseiro exercendo funções de Técnico em Normalização Linguística no SNL da USC.
—————————

projeto Telefonemas foi uma iniciativa idealizada e financiada pola DPG, a AGLP e a AGAL. Tinha como objetivo informar todos os centros de secundário da Galiza, públicos, privados e subvencionados, dos passos a dar para incluir a língua portuguesa na oferta educativa do centro. A iniciativa nascia do conhecimento de a Conselharia da Junta não ter feito este labor, como se evidenciou. Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo