línguas minoritárias

V Congresso Internacional de Letras – CONIL – Carnavalização na língua e na linguagem

O V Congresso Internacional de Letras – CONIL, este ano celebra a variação e a diversidade linguística e cultural. A proposta central do evento é reunir discussões e pesquisas em torno da visibilidade de culturas consideradas marginais. Desse modo, essas e outras temáticas do grande campo das ciências sociais e humanas serão discutidas no evento.

O período para o envio de resumo de trabalho é entre 21 de março e 19 de junho de 2022.

O V CONIL vai disponibilizar 16 simpósios de diferentes temáticas do campo das Letras e demais áreas das ciências Humanas e sociais.

Para mais informações, acesse ao site do evento: http://conilufma.com.br/

 

Curso livre | “Práticas de escrita de línguas minoritárias em contextos de bi-/plurilinguismo”

O CDEA em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Letras da UFRGS promovem o curso livre “Práticas de escrita de línguas minoritárias em contextos de bi-/plurilinguismo” que aconteceu em novembro de 2020. Para participar desta edição do curso, contudo, não é necessário ter participado dos encontros e discussões anteriores. Os materiais do curso anterior serão disponibilizados para os participantes.

Nesta nova edição, vamos continuar focalizando a interlocução nas múltiplas relações e diálogos entre padronização, língua escrita e ensino de línguas minoritárias em contextos plurilíngues. O curso contará com 4 encontros de 2 horas-aula e 7 horas assíncronas de leitura.

Haverá certificado de participação para todos os participantes que participarem de 3 dos 4 encontros e para alunos do PPG da UFRGS e UFF que escreverem relatório de 1 página por encontro haverá a possibilidade de pedir 1 crédito.

As inscrições devem ser feitas no seguinte link:

O programa completo do curso livre pode ser encontrado AQUI.

 

52 minorias étnicas têm suas próprias línguas faladas na China, diz livro branco

Beijing, 24 jun (Xinhua) — Das 55 minorias étnicas da China, 52 têm suas próprias línguas faladas, com exceção da Hui, que historicamente usam a língua da etnia Han, e as pessoas Manchu e She, que geralmente também usam a língua da etnia Han, de acordo com um livro branco divulgado na quinta-feira.

O livro branco sobre a prática do Partido Comunista da China em respeitar e proteger os direitos humanos foi divulgado pelo Departamento de Comunicação do Conselho de Estado.

Mais de 20 grupos de minorias étnicas usam quase 30 escritas, segundo o livro branco.

O documento acrescentou que o governo chinês protege por lei o uso legítimo das línguas faladas e escritas das minorias étnicas nas áreas de administração e magistratura, imprensa e publicação, rádio, cinema e televisão, e cultura e educação.

 

Via portuguese.xinhuanet.com

Curso Livre: “Práticas de escrita em línguas minoritárias em contextos de bi-/plurilinguismo”

O curso livre “Práticas de escrita de línguas minoritárias em contextos de bi-/plurilinguismo”, a ser ministrado nos dias 06, 07, 20 e 21 de novembro de 2020 (aulas síncronas das sextas-feiras 13h30-15h30 e dos sábados 09h-11h) pelos professores Katharina Müller (Univ. Frankfurt/Main, Alemanha), Willian Radünz (Univ. Gießen, Alemanha) e Reseda Streb (DAAD/Univ. Fed. do Ceará).

O curso é uma parceria que reúne as universidades dos professores ministrantes (Univ. Frankfurt, Univ. Giessen e UFC) e a Univ. Federal Fluminense com a UFRGS. Além disso, tem o apoio do CDEA (Centro de Estudos Europeus e Alemães). A atividade é promovida pelo Prof. Dr. Cléo V. Altenhofen, no âmbito da linha de pesquisa de Sociolinguística e vem somar aos esforços de internacionalização e intercâmbio de pesquisa na área. AQUI está a ementa do curso e o formulário para inscrição.

Second International Conference on Revitalization of Indigen and Minoritized Languages

P R O G R A M A Ç Ã O
1-6 de outubro de 2019
Universidade de Brasília

1-4/10: II Congresso Internacional sobre Revitalização de Línguas Indígenas e Minorizadas

5-6/10: I Encontro Internacional sobre Diversidade linguística Indígena: troca de experiências e estratégias de salvaguarda (Oficina IPHAM)

Baixe a PROGRAMACAO AQUI.

Centro de Documentação Linguística quer criar arquivo de línguas ameaçadas da Europa

Tema será tratado no segundo Simpósio sobre Línguas em Perigo e Variedades Linguísticas na Península Ibérica, que vai decorrer em 4 e 5 de Julho na Mouraria, em Lisboa.

O minderico é uma língua regional no distrito de Santarém

Foto O minderico é uma língua regional no distrito de Santarém NUNO FERREIRA SANTOS

Vera Ferreira, presidente do Cidles​, linguista e arquivista digital no SOAS – Instituto de Línguas Mundiais da Universidade de Londres, disse à Lusa que este arquivo, que Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Arquivo

Visitantes