Cátedra Unesco em Políticas Linguísticas

Accelerating Actions and Promoting Digital Wellness (DW) in the context of Artificial Intelligence(AI)

Two Day Online International Conference
on

Accelerating Actions and Promoting Digital Wellness (DW) in the context of Artificial Intelligence(AI)

organized by

India Centre of Excellence for Information Ethics (ICEIE),
Centre for Digital Learning, Training and Resources (CDLTR), University of Hyderabad (India)
Information Ethics Network @ Future Africa, University of Pretoria (South Africa)
Russian National IFAP Committee, Interregional Library Cooperation Centre (Russian Federation)
International Center for Information Ethics (ICIE)
UNESCO Chair on Language Policies for MultilingualismFederal University of Santa Catarina (Brazil)
Indian National Commission for Cooperation with UNESCO, Dept. of Education (New Delhi)

under the Auspices of
UNESCO Intergovernmental Information for All Programme (IFAP)

supported by


Federation of Indian Chambers of Commerce and Industry (FICCI)

March 24-25, 2021

International Conference Digital Well-Being and Artificial Inteligence Hyderabad India

Conferência coorganizada pela Cátedra UNESCO em Políticas Linguísticas para o Multilinguismo da UFSC

Cátedra Unesco em Políticas Linguísticas oferece disciplina na Pós de Estudos da Tradução da UFSC

Na última segunda-feira, dia 8 de fevereiro, foi ministrada a primeira aula da disciplina Tópicos especiais: Tradução e Interfaces – Multilinguismo e Tradução, ofertada pelo Programa de Pós-Graduação de Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina. Esta disciplina é a primeira ofertada com o código INT que acompanha o programa de internacionalização da Universidade.

A disciplina está associada à Cátedra Unesco Políticas Linguísticas para o Multilinguismo (UCLPM), com sede na UFSC e coordenada pelo professor Gilvan Müller de Oliveira. A cátedra foi instituída em 2018 por um contrato entre a Unesco/Paris e a UFSC e congrega 25 universidades e institutos em 14 países, incluindo todos os membros dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul)

Multilinguismo e Tradução é ministrada a partir da metodologia OMMIP – On-line, Multilíngue, Multidisciplinar, Interinstitucional e Pluricontinental, desenvolvida pelo professor Gilvan. Com atividades síncronas e assíncronas, o curso conta com a participação de professores de dez instituições em oito países (Brasil, África do Sul, Espanha, Índia, China, França, Rússia e México) e ocorre em quatro línguas: português, inglês, francês e espanhol. Cada encontro é ministrado na língua escolhida pelo professor responsável, ao passo que as apresentações são sempre registradas em língua inglesa e a bibliografia nas quatro línguas do curso.

Ao todo, estão matriculados 102 estudantes de 12 países, falantes de um repertório de 23 línguas diferentes, sendo 51,6% brasileiros e 49,4% estrangeiros. No grupo estão indianos, mexicanos, indonésios, espanhóis, franceses, argentinos, nigerianos, zimbabuenses e peruanos.

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo