Timor-Leste

Recrutamento de Professores de Língua Portuguesa para o projeto PRO-Português | Timor-Leste

A Coutinho, Neto & Orey no âmbito da sua atividade de recrutamento encontra-se a desenvolver um processo de seleção para o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Camões, I.P.), para a posição de 13 Professores de Língua Portuguesa, para integrarem o projeto PRO-Português. O prazo limite de candidatura é 30 de abril de 2022.

O Projeto PRO-Português tem como objetivo global “contribuir para a consolidação do sistema educativo de Timor-Leste, através do apoio ao setor da formação profissional e contínua do pessoal docente do sistema educativo do Ensino Não Superior” e, como objetivos específicos, “i) constituir uma Bolsa de Formadores Nacionais, a nível de Posto Administrativo, e consolidar as suas competências técnico-científicas, didático-pedagógicas e linguístico-comunicativas para ministrarem Cursos de Língua Portuguesa (Níveis A2, B1 e B2); ii) reforçar as competências linguístico-comunicativas em Língua Portuguesa de docentes de todos os níveis de ensino (Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Secundário) do sistema educativo do Ensino Não Superior de Timor-Leste”.

Mais informações no site da Neto & Orey 

Publicação fruto de programa da Capes é lançada em Brasília

capes

O livro será lançado e distribuído na Embaixada de Timor-Leste em Brasília

No dia 22 de junho, às 18h30, será lançado e distribuído, na Embaixada de Timor-Leste em Brasília, o livro “Professores sem fronteiras: pesquisas e práticas pedagógicas em Timor-Leste”. A publicação escrita por professores brasileiros e timorenses e publicado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é resultado de pesquisas, estudos e atuações dos professores da cooperação brasileira no âmbito do Programa de Qualificação Docente em Língua Portuguesa (PQLP) em Timor-Leste.

Em março, o livro já havia sido lançado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Veja aqui.

PQLP

O PQLP é uma iniciativa coordenada pela Diretoria de Relações Internacionais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em parceria com a UFSC e o Ministério das Relações Exteriores (MRE). O programa teve início em 2005 e leva docentes brasileiros ao Timor Leste para atuar na elaboração e revisão de materiais didáticos, acompanhar professores timorenses na implementação de propostas, desenvolver cursos de português como segunda língua, oferecer cursos de língua portuguesa, entre outras atividades.

Fonte: Capes/Notícias

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Arquivo

Visitantes