Indígenas

Ufopa publica editais dos Processos Seletivos Especiais Indígena e Quilombola

São 96 vagas para o PSEI e 96 vagas para o PSEQ

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), por meio da Comissão Permanente de Processos Seletivos (CPPS), publicou os editais do Processo Seletivo Especial Indígena (PSEI) e do Processo Seletivo Especial Quilombola (PSEQ) para ingresso no ano de 2022. Os dois processos têm etapas diferenciadas na seleção, mas obedecem ao mesmo cronograma de execução.

As inscrições serão realizadas no período de 1º a 20 de junho de 2022, com divulgação das inscrições homologadas no dia 1º de julho.

Os dois processos seletivos serão realizados na modalidade remota, considerando a necessidade dos cuidados que ainda são necessários por causa da pandemia de covid-19.

A comissão alerta sobre a importância de os candidatos fazerem leitura atenta dos editais correspondentes.

Processo Seletivo Especial Indígena (PSEI/Ufopa 2022)

O PSEI/Ufopa 2022 oferece 96 vagas, sendo 76 vagas aos cursos de graduação ofertados para o Campus Santarém e 20 vagas para os campi regionais em Alenquer, Itaituba, Juruti, Monte Alegre, Óbidos e Oriximiná.

O PSEI ocorrerá em três fases: a primeira, eliminatória, consiste no preenchimento do formulário de inscrições e inserção dos documentos descritos no edital; a segunda fase, eliminatória e classificatória, é a prova de redação em língua portuguesa; e a terceira fase, eliminatória, é a convocação e habilitação, que consiste na entrega de documentos a fim de comprovar as informações fornecidas na inscrição.

A inscrição é gratuita e será feita, exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico http://psei2022.ufopa.edu.br/ a partir das 10h do dia 1º de junho de 2022 até as 23h59 do dia 20 de junho de 2022, pelo horário de Brasília. Na inscrição, o candidato deve anexar declaração de autorreconhecimento assinada, declaração de pertencimento e autodeclaração de não conclusão de curso superior, não vínculo com o Parfor e não vínculo com curso de graduação da Ufopa com ingresso pelo PSEI.

Continue lendo

Dossiê: Práticas e Teorias Indígenas da Comunicação na América Latina

A Editoria-Chefe da ContraCorrente tem a alegria de anunciar a publicação do dossiê de nº 17: *Práticas e Teorias Indígenas da Comunicação na América Latina*, organizado pelo prof. Dr. Guilherme Gitahy de Figueiredo e pelas Profas. Dras. Gemma Orobitig e Elena Nava Morales. A edição contempla 13 artigos e 5 relatos de experiência, todos dentro do escopo temático. O número marca o ineditismo de ser a primeira edição bilíngue da Revista (português/espanhol).

Acesse a edição aqui

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Arquivo

Visitantes