Política linguística para internacionalização do ensino superior

A FAUBAI, ciente da importância que as línguas vêm assumindo na concretização de uma internacionalização mais inclusiva e possível, criou, em encontro realizado em Porto Alegre, em abril de 2017, um Grupo de Trabalho (GT) sobre Políticas Linguísticas para Internacionalização. Composto por assessores de relações internacionais (RIs) e pesquisadores ligados à área de Linguística Aplicada, o GT tem objetivo de elaborar sugestões norteadoras para a política linguística de internacionalização do ensino superior das instituições brasileiras.

As diretrizes aqui apresentadas servem como um documento orientador e visam a subsidiar o setor de Relações Internacionais das instituições associadas para conscientizar, orientar e auxiliar no desenho e implementação de uma política linguística que faça jus aos anseios de internacionalização das comunidades acadêmicas, respeitando a autonomia na decisão das línguas que farão parte de cada realidade.

Esperamos que o documento proporcione espaços para explicitação das demandas e necessidades de cada instituição, em vista dos objetivos estratégicos particulares e, principalmente, que sinalize as implicações das escolhas feitas.

Fonte: Faubai – link para download de PDF do documento.

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo