Português será ensinado nas escolas primárias da Guiné Equatorial

Português será ensinado nas escolas primárias da Guiné Equatorial

aula-em-malabo​O governo da Guiné Equatorial promete que o ensino do português será implementado nas escolas primárias, faltando agora a validação técnica do projeto de ensino, no âmbito do processo de entrada na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Em entrevista à Lusa, Isabel Oyono, embaixadora de carreira e coordenadora da Comissão Nacional da CPLP na Guiné Equatorial, explicou que o “ministério de educação já elaborou um programa curricular de ensino até à universidade”, faltando agora o apoio de técnicos para validar o modelo e formar professores.

guine-equat1guine-equat2O IILP esteve na Guiné Equatorial, entre Malabo e Ilha da Annobón, com uma equipe formada por três investigadores, que fizeram um levantamento sobre os falantes do crioulo de raiz portuguesa falado naquele país.

De acordo com o diretor executivo do IILP, esta investigação, foi a primeira ação prevista no Protocolo de Cooperação Técnica entre o instituto e a Guiné Equatorial, assinado a 07 de fevereiro do ano de 2012, em Lisboa. O referido protocolo aponta também a realização em Malabo (capital da Guiné Equatorial) de um seminário nacional de política linguística, para fins de regulamentação da presença do português no sistema educativo e na comunicação social.

A Língua Portuguesa tornou-se oficial na Guiné Equatorial no ano de 2011, a par do espanhol e do francês.

Fonte: Blog do IILP

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo