Manual di Mudjer de Princezito apresentado no Tarrafal

Princezito e o seu Finason, agora sob a forma de livro, vão estar no Tarrafal este sábado, 5. Manual di Mudjer vai ser apresentado no Mercado de Artesanato da terra natal do autor, pela 17h00.

Editado pela Ragaladu Editora, Manual di Mudjer, que já foi também lançado na Praia e em Assomada, é um livro de finason “poesia cantada de Cabo Verde, texto em versos, cuja língua veicular é a Língua Cabo-verdiana”, como explica a nota de impresa do lançamento.

Este conjunto de finason do multifacetado artista, como o próprio nome da obra deixa adivinhar, tem uma temática diversificada mas totalmente centrada no feminino.

“Mar, Terra, Amor, Mulher, Cultura da Paz, Metaliteratura são apenas alguns dos temas” dispersos em quatro capítulos ou cadernos que compõem este livro de Carlos Alberto Sousa Mendes, de nome artístico Princezito. O género textual é “fluído, somando poesia em versos com categorias da narrativa (da prosa)”, descreve a nota. Acima de tudo, este livro é “um terno gesto de homenagem à mulher”.

Nas palavras do autor aquando da sua apresentação de Manual di Mudjer na Praia, é “uma homenagem à mulher cabo-verdiana, às mulheres de todas as raças, idades e ofícios”.

Ao mesmo tempo é uma forma de, pela via da literatura promover e divulgar o Finason “que se encontra em vias de extinção”.

A apresentação da obra estará a cargo de artistas do Tarrafal e conta com a participação de Augusta Évora, professora universitária da área de Línguas e Literaturas Modernas.

Manual di Mudjer é o segundo livro de Princezito, músico que dispensa apresentações. O primeiro, Antigu Pensamentu foi lançado em 2015, mas a qualidade poética do artista é já bem conhecida desde Spiga, álbum de 2008 e outras composições avulsas.

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo