GT Políticas Linguísticas e Educação: migrações, fronteiras e deslocamento

Participe!

O GT: Políticas Linguísticas e educação: migrações, fronteiras e deslocamentos contempla:
            1) relação entre migração, refúgio e políticas linguísticas;
           2) relação entre cidadania e línguas;
           3) direitos humanos e direitos linguísticos;
           4) planejamento linguístico e educação: ensino de línguas no contexto escolar (imigrantes, sobretudo refugiados);
           5) relação entre políticas linguísticas e reformas curriculares
           6) políticas linguísticas e contexto de internacionalização das universidades;
           7) ensino de línguas nas regiões de fronteiras;
          8) políticas afirmativas e ensino bilíngue.
Ficaríamos muito felizes em receber vocês! Seguem as instruções para participação:

Prazo para inscrição até 18 de fevereiro de 2020!

Regras para submissão:
Cada trabalho poderá conter até três (03) autores(as);
Serão aceitos trabalhos submetidos por profissionais da educação básica, estudantes de pós-graduação, mestres(as) e doutores(as);
O profissional da educação básica deve ser estudante de pós-graduação ou possuir a titulação mínima de especialista;
Será aceita a submissão de até dois (02) trabalhos (autoria e/ou coautoria);
Os resumos serão obrigatoriamente enviados via Área do Inscrito (não há template), no período de 18 de novembro de 2019 a 18 de fevereiro de 2020, e deverão conter:
a) Título (máx. 200 caracteres com espaços);
b) O uso de títulos, integralmente, em caixa alta não é permitido;
c) Texto (mín. 1.000 e máx. 1.500 caracteres com espaços);
d) O corpo do resumo não poderá conter citações (diretas e indiretas), referências
bibliográficas ou notas de rodapé;
e) Palavras-chave separadas por ponto e vírgula (mín. 3 e máx. 5);
f) Fonte financiadora (quando houver).

Acesse o link na página do evento!

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo