Coleta de campo do Inventário da Língua Pomerana

O Inventário da Língua Pomerana realizou mais uma coleta. Dessa vez, foi na cidade de Pomerode, em Santa Catarina e aconteceu entre os dias 26 e 27 de junho de 2019. A equipe composta XX pesquisadores realizou o total de 74 quesitonários sociolonguísticos, aplicação dos questionários linguísticos e levantamento da relação da Swedsh List, lista de palavras padrão na língua, com várias famílias englobando entrevistados de diferentes idades. A chegada da equipe na cidade foi recepcionada pela Vice -Prefeita e Secretária de Turismo, a Sra Gladys Dinah Sievert para a assinatura do acordo de cooperação entre a Prefeitura Municipal de Pomerode e o IPOL. Em seguida, a equipe deu prosseguimento às ações com o apoio de articulação pelo Sr. João Altair, responsável pelo Museu.

As ações aconteceram nos bairros Testo Alto, Testo Central, Texto Rega e Fundos. E foram executadas pela equipe de pesquisadores do IPOL: Renata Fonseca Galant, Roberta Jaeger Fonseca e pela pesquisadora, linguista e falante da língua pomerana, Neubiana Silva Veloso Beilke, bem como o cinegrafista Peter Lorenzo. Nos acompanharam durante a pesquisa, o  historiador e professor  Sr. João Altair Soares dos Santos, a historiadora e museóloga Sra Roseli Zimmer e pelo Sr. Ralf Reinke, articulador local falante da Língua Pomerana.

Informações:  ipol.ilp2018@gmail.com

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo