Brasil não estará mais em reuniões do Mercosul sobre Educação

Ministro da Educação Abraham Weintraub. FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Anúncio foi feito pelo ministro da Educação Abraham Weintraub. Ele justificou que estas reuniões são ‘pouco eficientes e caras’ e que, a partir de agora, o país vai investir em conversas bilaterais. ‘Numa conversa bilateral, a gente avança muito mais rapidamente’, argumenta. ‘Não estamos saindo do Mercosul, apenas saindo da parte educacional do bloco’. Desde 1991, o grupo coordena os investimentos em Educação no bloco. Anúncio vem um dia depois de um chanceler argentino dizer que está em luto em relação ao Brasil.

Fonte: CBN

 

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo