I Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo

enicecultO I Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo (ENICECULT) com o tema Diálogos Interdisciplinares acontece de 22 a 24 de março em Santo Amaro, na Bahia. Organizado pelo Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), o encontro recebe inscrições de trabalhos que se enquadrem dentro das temáticas dos nove Grupos de Trabalhos (GTs) disponíveis. Os resumos devem ser enviados até 31 de janeiro.

Eixo temático

Falar de Cultura envolve, necessariamente, falar daquilo que confere a sua materialidade. As dinâmicas culturais da linguagem, seja pelas expressão oral, verbal, visual, verbo-visual, verbo-voco-visual, corporal -dentre tantas outras -, podem ser o caminho privilegiado pela qual as culturas se apresentam, junto às demais técnicas e tecnologias que lhes são próprias, a começar por aquelas inscritas no próprio corpo. Assim, não há como estudar a Cultura sem pensá-la em correlação com a diversidade de concepções, linguagens e tecnologias que modelizam as formas expressivas diversas, tais como: música, teatro, dança, performance, literatura, artesanato, narrativas orais, arquitetura, artes visuais etc.

Como um sistema, só é possível compreender a Cultura por um processo de contínuo devir. Diálogo e movimento redefinem, continuamente, os sentidos que tais expressões são capazes de produzir. Para entender esta complexidade, pede-se, portanto, a construção de conhecimento eminentemente interdisciplinar, edificado pelo diálogo instituído entre diferentes campos do conhecimento como a arte, a comunicação, a antropologia, a literatura, a filosofia, a geografia, a sociologia, a ciência política, entre outros. A ideia é entender de que maneira diferentes sistemas culturais se relacionam e estão em contínuo devir por meio dos intercâmbios que se estabelecem entre códigos, linguagens, técnicas e tecnologias que tendem a se tornar cada vez mais complexas, redefinindo, continuamente, os sentidos que as expressões culturais são capazes de produzir.

Assim, a realização do I Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo (ENICECULT) visa estimular o debate e a produção científica interdisciplinar com o objetivo de apreender a estreita correlação existente entre os sistemas culturais, a diversidade das suas linguagens constitutivas e as tecnologias que lhes são inerentes. Nesse sentido, por meio de Grupos de Trabalhos, composição das Mesas (Diálogos Interdisciplinares: expressões da resistência e Diálogos Interdisciplinares: devir dos sistemas culturais), Minicursos, Conferências de Abertura e de Encerramento, o I ENICECULT pretende dinamizar as interações interdisciplinares que estão latentes em cada temática deste Encontro. Tais propostas são marcadamente dialógicas e com ênfase no respeito à diversidade, assumindo a dimensão e amplitude que resguardam todos os trabalhos submetidos ao evento.

Grupos de trabalho (GTs)

GT 1 – Diálogos interdisciplinares: formação, currículo e cultura
Coordenadores: Sílvia Michele Macedo de Sá (FORCCULT-UFRB), Cláudio Orlando Costa do Nascimento (FORCCULT-UFRB), Roberto Sidnei Macedo (FORMACCE-UFBA) e Isaura Fontes (FORMACCI-UNEB)

GT 2 – Diálogos interdisciplinares: metodologias anárquicas
Coordenadores: Armando Castro (UFRB), Lia Lordelo (UFRB) e Milton Araújo Moura (FFCH/UFBA).

GT 3 – Diálogos interdisciplinares: práticas artísticas expandidas
Coordenadores: Mariana Terra (UFRB), Carolina Diniz (UFRB), Ciane Fernandes (PPGAC/UFBA)

GT 4 – Diálogos interdisciplinares: epistemologias do sul
Coordenadores: Michel Fernandes da Rosa (UFRB) e Caetano De Carli (UFRPE/UAG)

GT 5 – Diálogos interdisciplinares: política, cultura e desenvolvimento
Coordenadores: Paula Felix (UFRB), Marcelo Dantas (UFRB), Armando Almeida (Fundação Pedro Calmon)

GT 6 – Diálogos interdisciplinares: memória, espaço e culturas
Coordenadores: Roney Gusmão (Mesclas/UFRB), Francesca Bassi (Mesclas/UFRB) e Fátima Tavares (ObservaBaía/UFBA)

GT 7 – Diálogos interdisciplinares: música e comunicação
Coordenadores: Nadja Vladi (UFRB), Tatiana Lima (UFRB) e Messias Bandeira (UFBA)

GT 8 – Diálogos interdisciplinares: artes a(cerca) da infância
Coordenadores: Paula Alice B. Borges (UFRB), Mônica de Menezes Santos (UFBA) e Luciana Reis Comin (TECA Teatro).

GT 9 – Diálogos interdisciplinares: letramento, formação e universidade
Coordenadores: Adriano Dantas de Oliveira (UFRB), Ana Maria Freitas Teixeira (UFRB), Paulo Proença (Unilab)

Mais informações no arquivo em anexo e na página do I ENICECULT.

Fonte: Plataforma 9

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo